terça-feira, 29 de junho de 2010

Na torcida pelo Brasil

Sou mãe coruja mesmo e acho a minha torcedora a mais bonita do Brasil!! Na sexta passada, poucas horas antes do início do jogo Brasil e Portugal na Copa do Mundo de 2010, mesmo com um febrão de 38,5, a Mariana torcia firme e forte pela nossa seleção. E com toda de pompa de goleira, não acham? Rsrsrs. 


Mariana na escola – “A alimentação”

Que sopinha que nada!

A Mariana, desde que foi pra escola, deu uma super diversificada no cardápio. Agora ela já come arroz integral, feijão, macarrão, peixinho, grão de bico e por aí vai... E fora o que só descobrimos quando temos a grande oportunidade de trocar uma boa e pesada fralda de cocô no fim do dia:

- Alex, o que é isso?
- Sei lá.
- Nossa! São uns pontinhos pretos e durinhos, que estranho... o que será que ela comeu hoje?

E toco eu a cutucar o tal pontinho preto e durinho dentro do bolo de coco com um cotonete...
Minutos depois...

- Acho que é alguma semente...
- Semente?
- Sim, como é o nome dessa semente aqui? (a esta altura eu já estava com uma das semetinhas na mão tentando descobrir o que era...)
- Humm, não lembro...

E só fomos lembrar que se tratava da semente de linhaça dias depois circulando por um supermercado e olhando a prateleira dos grãos.

Mariana na escola – "O ratinho Tico”

Dia desses o Alex foi buscá-la na escola e a coordenadora pedagógica comentou:

- “Olha! Estamos ensinando pra turminha da Mariana a história do ratinho Tico, que sai do campo e vai para a cidade em busca de um primo”.

E ela complementou: Ah! E ensinamos também o som que o ratinho faz: qui, qui, qui, qui”.

E ficamos imaginando ela, toda catatau, no meio dos coleguinhas, ouvindo a história, prestando a maior atenção na professora...

Naquele dia, assim que chegamos em casa, não resistimos e perguntamos pra ela:

- “Filha, como é que faz o ratinho Tico?”

E no mesmo instante ela abriu o maior sorriso e, junto com a gente, repetiu:

- “qui, qui, qui, qui”.

Mariana “na saída da escola”

O Alex vai todo fim de tarde buscá-la na escola e, por ordem de chegada, a coordenadora que fica na porta vai chamando criança por criança pelo microfone. Chegada a vez dele, a tia "canta":

- “Mariaaana”

Aí lá do fundo do pátio vem a Mariana no colo de uma das professoras e, como se não bastasse a alegria do pai em vê-la, a pequena ainda grita “êêêêêêê”, batendo um monte de palminhas em comemoração à chegada do papai. Tem coisa melhor que isso?

BabyDica número 02

Se esta rua, se esta rua fosse minha...
Eu mandava, eu mandava ladrilhar...
Com pedrinhas, com pedrinhas de brilhante...
Só pra ver... MARIANA passar...


 É uma graça! Tem uma produtora musical lá de Minas Gerais que grava CDs personalizados para crianças. A Mari ganhou um de presente esses dias e nós adoramos.

Vem com 18 músicas infantis nas quais o nome da criança é cantado 32 vezes como parte das letras. Tem duração de 28 minutos, o que é ótimo já que os pequenos literalmente cansam rápido de qualquer atividade.

Segundo informações que constam no site da produtora, a personalização faz com que a criança seja realmente “convidada” a entrar em um imaginário lúdico por meio de canções, versos e histórias que marcam o período da infância.

Vale a pena conhecer o trabalho deles! É uma opção de bem bacana de presente e com preço super acessível. O CD custa R$ 35,00 e é feito apenas sob encomenda. Pode ser adquirido no site www.oficinagravando.com ou pelo telefone (31)3390-0066.

quinta-feira, 10 de junho de 2010

Primeiro dia de "aula"

Faz tempo que não escrevo aqui e já tenho anotada uma lista de coisas que gostaria de contar sobre a Mariana... mas ficará pra outro dia.

Hoje a novidade é que ela começa na escola. É o seu primeiro dia de "aula". Acabamos de deixá-la, com o coração apertado, mas certos de que é uma decisão bem tomada.

Lá, ela fará amiguinhos, aprenderá contos de fadas, entre outras mil coisas que mais pra frente vou contar. E com certeza voltará para casa todos os dias cheia de novidades, tagarelando, tagarelando, tagarelando...